Projetos de Iniciação Científica Jr.
Incursões no Fantástico: estudo preliminar
Leituras da francofonia: identidade e trânsito intercultural
Resumo:
O projeto de pesquisa "Incursões no Fantástico: estudo preliminar" ambiciona revisitar e cotejar criticamente narrativas ficcionais brasileiras e francófonas inscritas no gênero Fantástico. Muito embora tenha tido como adeptos escritores canônicos das literaturas brasileira e francesa como Aluísio Azevedo, Machado de Assis, Guimarães Rosa, Théophile Gautier, Balzac, Maupassant, dentre tantos outros, essa modalidade de ficção foi pouco examinada e frequentemente subestimada pela crítica literária. A mais despretensiosa e simplória análise dos manuais de história literária é capaz de corroborar o caráter marginal que a crítica conferiu ao Fantástico. A propensão do sistema literário francês e brasileiro para a literatura de teor documental, no qual prevalece o culto do fato e da observação científica, sobretudo no século XIX, parece esclarecer o desprestígio do gênero junto à crítica. No caso brasileiro, esse argumento revela-se ainda mais pertinente. Por aqui, foi o “serviço à pátria” que norteou a intelectualidade oitocentista para uma concepção de literatura fortemente marcada pela busca da cor local, por meio da observação e da documentação. Observa-se ainda que tanto na França, quanto no Brasil, o século seguinte foi cenário de uma tendência literária igualmente realista. Assumindo o sobrenatural, o devaneio, o gótico, dentre tantos outros elementos como matéria ficcional, e contrapondo-se dessa forma à estratégia discursiva realista, o Fantástico desenvolveu-se ao longo dos séculos XIX e XX à margem de correntes literárias tradicionais. O resgate e a análise crítica de narrativas ficcionais inscritas no gênero Fantástico configuram-se como uma excelente oportunidade de iniciação à pesquisa científica dos discentes envolvidos neste projeto. 
​Objetivos
  • Apresentar aos discentes a metodologia da pesquisa científica;
  • Ampliar o horizonte cultural, literário e linguístico dos participantes do projeto;
  • Contribuir particularmente com o processo ensino-aprendizagem da língua francesa, por meio da leitura de textos literários de língua francesa;
  • Promover a leitura e a análise crítica de diferentes contos fantásticos;
  • Discutir as definições dos gêneros Fantástico, Estranho e Maravilhoso, proposta por diferentes teóricos da literatura.
Orientadora:
Profa. Dra. Patrícia A. C. Corrêa
Estudantes pesquisadores:

Guilherme Farias Alves

Johnny Lima Brandão

Andressa Teixeira Abbagliato

Campus:
São Cristóvão III
Resumo:
projeto "Leituras da francofonia: identidade e trânsito intercultural" tem como ponto de partida a constatação de que, no âmbito do ensino-aprendizagem de francês na Educação Básica no Colégio Pedro II, ainda há muito espaço a ser explorado no que diz respeito ao contato com expressões culturais (filmes, livros, músicas etc.) de países francófonos, pois a maior parte do material empregado (seja ele didático ou autêntico) é originário da França, o que pode gerar uma lacuna no que diz respeito às expressões culturais de outros países de língua francesa. Embora a francofonia esteja presente no material utilizado e faça parte dos conhecimentos abordados nos objetivos da disciplina, o aprofundamento de tais questões fica, muitas vezes, relegado a segundo plano. Com tais ideias em mente, o projeto pretende oferecer a estudantes da 1a série do Ensino Médio do campus Centro o aprofundamento das reflexões acerca do espaço da francofonia e das expressões culturais (sobretudo literárias e cinematográficas) disponíveis. Frequentemente, estudantes solicitam aos professores material suplementar para que possam ir mais longe no aprendizado, o que permite que sejam lançados desafios e sugeridos sites, livros, filmes e músicas; no entanto, tal procedimento não é sistematizado. Verificou-se, portanto, que há demanda e interesse por parte dos estudantes em realizar pesquisas que venham a ampliar o trabalho realizado em sala de aula. Por meio deste projeto, almeja-se sistematizar, através da pesquisa científica, o levantamento de obras francófonas de interesse dos estudantes e a posterior reflexão teórica e analítica sobre os processos de construção identitária do sujeito contemporâneo que habita e transita nas diferentes paisagens da francofonia. 
​Objetivos
  • Potencializar a vivência em francês a partir da leitura de textos críticos, teóricos e literários e da consequente discussão acadêmica;
  • Aprimorar as competências de leitura e compreensão de textos em francês;

  • Proporcionar o contato com produções literárias francófonas à luz da diversidade cultural;

  • Conhecer e desenvolver pesquisas na área de Letras;

  • Adquirir e refletir acerca de valores como o respeito à diversidade e a percepção crítica do mundo.

Orientador:
Prof. Dr. Luciano Passos Moraes
Estudantes pesquisadores:

Ana Luiza Duíno (voluntária 2019)

Julia Mosciaro de Paula (bolsista 2019)

Isabel Oliveira Veloso Souza (bolsista 2019)

Paulo Victor Guimarães (voluntário 2019)

Maria Eduarda de Souza Pedreira (bolsista 2019)

Renan dos Santos Dourado (bolsista 2019)

Estudantes que já participaram do projeto:

Alice de Souza da Rocha (bolsista 2017-2018)

Kedma Accioly Favero (bolsista 2017)

Giulia Aparecida Silva Nascimento (bolsista 2018)

Guilherme de Medeiros Coimbra (bolsista 2017-2018)

Mariana Paixão Batista (voluntária 2018)

Nicole Christine Costa Ferreira (bolsista 2017-2018)

Campus:
Centro
Núcleo de Estudos Franco-Brasileiros - Colégio Pedro II

Campo de São Cristóvão, 177 - São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ - CEP 20921-903

nefb@cp2.g12.br